Conecte a nossas redes:
conecte a nossas redes:

Despertando o Fascínio Aula 3

Descrição:

Creme da beleza a base de energia existe? Existe! Energias próprias podem ser manipuladas em nosso corpo de modo a influenciar pessoas a sua volta? A resposta é sim. Nessa Aula 3 do Curso Despertando o Fascínio faremos de forma prática e guiada três exercícios primordiais para o desenvolvimento das técnicas de manipulação do fascínio. Vale ressaltar que existem partes de seu corpo que você jamais imaginou que tivessem tanto poder ao ponto de fazê-la sentir bem lá no fundo quem você é e pudessem produzir substâncias e propriedades fundamentais para sua existência. Sabia que estudos já demonstraram que se colocarmos um atleta deitado com uma série de sensores e solicitarmos que ele comece a se imaginar executando uma prova de atletismo, por exemplo, seu corpo automaticamente começa a indução de processos químicos, seu ritmo cardíaco se acelera, assim como sua respiração? Pois é! Ou seja, mesmo conscientemente, esse atleta sabendo que está deitado em uma maca, preso a uma série de sensores, seu corpo reage ao que é colocado em seu plano mental, iniciando assim uma série de processos químicos como se de fato ele estivesse correndo! Isso não é fantástico? E esse é o pulo do gato principalmente para você que não acredita que seja merecedora de um relacionamento, porque não acredita de fato que seja alguém assim tão interessante, ou não tão inteligente, ou não esteticamente perfeita. O que significa dizer, que mesmo com seu pensamento totalmente incorreto e distorcido de quem realmente você é e merece vivenciar, você pode fazer com que seu corpo acredite que você é “A Mulher”! Sabem como eu percebi isso? Quando eu comecei a estudar as mulheres felizes e desejadas afetivamente. Que elas sabiam que vossos corpos estavam fora do padrão de beleza? Claro que sabiam! Só que algo nelas era diferente. Algo nelas fazia com que mesmo as partes vistas isoladamente estarem fora dos padrões considerados esteticamente satisfatórios, no contexto geral, elas eram tidas como musas, deusas, fatais, arrasando corações. O que elas faziam de diferente? Não era de fato o “fazer”, mas o “sentir”. Elas se sentem diferentes das outras. A barriga não está chapada? “OK! Mas eu me coloco no sentimento de.....eu sinto que....”. E tem técnica pra isso? Tem! Essa é a boa notícia. Eu uso desde quando aprendi. E eu posso perguntar a vocês com toda certeza desse mundo: Faz diferença? Resposta em coro: Claro que faz! Vocês olham, ouvem e sentem a diferença. É diferente! Você não sabe explicar o porquê, mas que não sou igual às outras eu não sou. Mas será que você está preparada para ficar assim? Está pronta para ser imitada? Está pronta para chamar atenção? Está pronta para ser criticada pelas invejosas de plantão? Será que você aguenta sustentar toda essa atenção? Aguenta ser o centro das atenções e não se sentir intimidada? Gente! Despertar o fascínio nas pessoas tem um preço e você precisa ser besta o suficiente para bancar esse estado e sustentá-lo. Está pronta?!

Palestra em áudio

áudio

Investimento