Conecte a nossas redes:
conecte a nossas redes:

Mulher Cafa x Autoestima Aula 3

Descrição:

Chacoalhão. Essa é palavra-chave para essa Aula 3. Afinal, você precisa enxergar, identificar e compreender que a visão que você tem sobre sua pessoa é um fator primordial para analisarmos sua realidade atual. Sabe o que muito escuto em minhas conversas no Skype? “Fernanda, poxa eu sou bonita, cuido de mim, me dou atenção e nada acontece! “ Qual é o tom dessas palavras? Tristeza, falta, desânimo, algo como quase “jogando a toalha”... Eu vou perguntar novamente e eu sei que você vai querer levantar a voz pra mim e eu até compreendo, mas eu vou perguntar mesmo assim: Está mesmo? Está mesmo se achando bonita, única, exclusiva, capaz, feliz? Uma coisa é você acreditar que esse teu pensamento cria a realidade, outra é de fato criar. E eu desmistifico isso rapidamente, quer ver? Vou te levar para o alto de um prédio e gritar: “Pensa demônia, mas pensa bastante que você sabe voar, porque eu vou te empurrar e vai ser agora...” Vai adiantar pensar que você sabe voar?! As asas vão brotar milagrosamente e você sairá voando? Claro que não! Então porque você acha que pensar “eu sou bonita, trabalhadora e legalzinha”, mudará a realidade do que tanto a insatisfaz hoje? Ora, simplesmente não vai! Só pelo fato de você estar num ato desesperado repetindo para si mesma o quanto é “linda e se dá atenção” é que já fica claro que no fundo mesmo, não tem ninguém aí dentro pra você! Caso contrário, você não me repetiria sempre a mesma frase: “Eu já fico muito comigo Fernanda, eu queria era ter alguém. Eu não quero ficar sozinha. ” Ou seja, esse “sozinha” significa ficar com “ninguém”, afinal, eu não sou “alguém” de fato pra mim. Eu não existo pra mim. E por não existir pra mim, então eu preciso de outro alguém para me dizer o dia todo “como eu sou linda, capaz, inteligente e boa”. Quando eu me digo essas qualidades, não tem valor! Eu sou ninguém! Logo, como “ninguém” pode dizer que eu sou linda?! Gente, não adianta jogar a sujeira para debaixo do tapete quando tratamos de nossa própria vida! Já já você vai embora daqui! Você tem que fazer isso valer a pena! E a responsabilidade é só sua! Você está inteiramente em suas mãos! E quando me dei conta disso, nunca mais culpei ninguém! Nunca mais me senti vítima de nada! E optei pela minha felicidade! E aí? O que houve? Meus caminhos se abriram! Não vou dizer aqui que não tenha meus momentos de Fadinha! Eu os tenho! Quanto tempo duram? Cinco minutos! Por que? Porque eu mesma me resolvo aqui dentro. Eu me dou o remédio! E o meu remédio é o melhor de todos: Meu amor, meu carinho, meu apoio e meu colo. Ter uma boa autoestima não é apenas se sentir poderosa e linda. É muito mais profundo. E requer tudo o que você tem de melhor: Pra você!

Palestra em Áudio

Audio

Investimento